sábado, 23 de junho de 2018


Da Assembleia Geral Destitutiva no Sporting gostava de falar sobre algo que talvez nos ajude a entender este grande clube!

Tenho três grandes amigos que são adeptos do Sporting. O Rui, o Hernâni e o Carlos.

O Rui sempre gostou de acompanhar o Sporting, e de defendê-lo. É um sportinguista “da velha guarda”. Viu ao vivo jogadores como Manuel Fernandes, Jordão, Balakov, Figo, viu até Maradona em Avalade a falhar um penalti - Viu Diego Maradona ao vivo, vejam bem! Hoje continua a adorar o Sporting, acompanha e defende o Sporting mas não se revê em absolutamente nada daquilo que tem sido o magistério de Bruno de Carvalho, Presidente do Clube prestes a ser destituído pelos sócios neste mesmo dia de hoje.

O Hernâni é sportinguista desde que se conhece mas nunca ligou muito à bola. Ele sempre foi mais carros. E motas, sobretudo. Ao longo dos anos sempre o vi como um tipo que gostava do Sporting até ao momento em que gritava “Ganhámos" quando o clube vencia e ”Quero lá saber do futebol” quando o clube perdia.
Com a chegada de Bruno de Carvalho ao clube, a sua militância aumentou, o discurso em defesa do Sporting endureceu, e é daqueles adeptos que está com Bruno até ao fim. Que acredita na sua permanência no clube para além do dia de hoje, e que de certeza vai apoiar todas as medidas do líder. É lidar!

O Carlos está em África, Angola. É um sportinguista doente, daqueles cujas veias saltam do pescoço quando fala de futebol. Não sei qual a posição dele perante o “fenómeno Bruno”. Mas era capaz de apostar que ele é a soma dos outros dois. Da Velha Guarda e da Nova Escola.

O Sporting é grande e a nossa amizade também!

Sem comentários:

Web Analytics