coisas quase completamente despercebidas II

Assim sim. Ontem tivemos uma selecção nacional na sua verdadeira dimensão. Até perdeu, vejam bem. Mas era uma selecção, era o que temos. Um hino, uma bendeira, uma nação. Não um clube. Estou fartinho de ver confundida a selecção nacional de futebol com um clube de futebol. Para clube tenho o meu Benfica e os meus amigos têm o Porto e o Sporting e o Dragões Sandinenses. Que eu saiba, o Dragões Sandinenses ainda nao contratou qualquer jogador estrangeiro. O Clube Portugal já tem dois, mesmo precisando de mais um que resolva. Talvez um nacionalizado ao serviço do Sporting possa dizer que resolve. Mas aquilo é um clube, não é uma selecção. Uma selecção é feita de jogadores de selecção...não confundir isto tudo com a SelecçãO DO READR'S dIGEST. nÃO E nÃO!

Comentários

Mensagens populares deste blogue