Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2006

crónica dos sagrados princípios,

Aquele miúdo com cara de Burro, como bem notou besugo (e o que diz besugo é para ser dito), levou uma troçada de Zorba-o-grego, o carniceiro da luz, um assassino capaz de matar burros se for preciso, e as coisas ficaram más para o f.c.porto. Porque as coisas para o f.c.porto estavam boas, excelentes. Aliás aquele clube só pode estar feliz por ter nos seus quadros um departamento médico que permite que se agrave uma lesão de um jogador seu, fazendo-o regressar aos relvados e permitindo que ele esperneasse no momento do colectivo orgasmo clitoriano que se deu após o derradeiro apito da grande Final, a mãe de todas as finais, que foi o jogo do pretérito sábado e que valeu apenas três pontos-três (maior troféu nunca se viu, segundo as minhas fontes anónimas). Por certo, aquela aparentemente irresponsável manobra médica foi apenas para que se castigue o grego Zorba, porque provavelmente outras premonições se fizeram entretanto e murmurou-se a palavra Quaresma mesmo antes do S. Martinho e d…

ler blogs é também crescer um pouco mais

Uma coisa é certa: há imensa gente que não lê blogs. Uns porque nunca lêem nada, outros porque não têm acesso a um computador com internet e outros por mera resistência arrogante. Estes últimos também resistiram ao telemovel e certamente os mais velhos resistiram à televisão. São uns resistentes duros de roer porque continuam a flutuar na presunção de que são eles os verdadeiros donos da verdade. Do mesmo modo que muitos foram os que não acreditaram no comboio e nos automóveis, e nas caravelas, e na roda, e no fogo....Tipos desses sempre existiram e hão-de existir sempre.

Parabéns! Parabéns! Parabéns!

Imagem
O Povo Brasileiro está de parabéns pela reeleição de Lula da Silva para Presidente do Brasil. A democracia venceu mais uma vez, pese embora isso entristeça uns tantos...liberais e afins!

A (rivo)lição de Pacheco Pereira

João Fiadeiro reagiu hoje, no jornal “Público”, ao ataque pérfido que Pacheco Pereira fez ao caso da ocupação do Rivoli. Leitura recomendada, evidentemente.

(link pago no Pùblico).

nação mijada, nação abençoada

Imagem
Entretanto temos a urina. Uma substância demasiadamente incomodativa quando cristaliza em pano seco. Dessa urina estão as bandeiras azuis e brancas impregnadas. E as fraldas e as cuecas e as cadeiras de plástico azul-morto. Quem desceu a VCI, rumo ao sul, no fim do dia de hoje, não pôde deixar de ter notado o agressivo odor urinoide. A mijina colectiva que pulverizava os límpidos céus da cidade invicta foi tanta, mas tanta, que nem a brisa do mar que nos toca foi capaz de lhe dar remédio. E depois veio o buzinão como que apregoando bem alto: "Somos uma nação de Mijões caraguuuuu”.

Speaker Corner

Miguel Sousa Tavares faz hoje no semanário “Expresso” aquilo que eu esperava dele: defender-se da acusação de plágio que lhe foi feita por um cidadão anónimo. E defendeu-se bem, quanto a mim. MST explica-se de uma forma simples e clara, e que até a mim, que nunca li o dito livro, consegue elucidar rotundamente. Mas é também através daquela “defesa” que MST tenta reflectir sobre os Blogs e a Internet em geral, daí resultando a sua manifestação de distanciamento e pessimismo no que diz respeito a este segmento das TIS (tecnologias da Informação). De entre vários considerandos de cariz mais sociológico, MST aponta o anonimato com dedo justamente acusador. O anonimato é, de facto, uma perfeita aberração (e por favor não confundir anonimato com pseudónimos porque os há muitos e bem conhecidos na blogosfera).
O anonimato puro e duro deveria ser desprezado e ponto final. Que me interessa a mim ler um comentário vindo de alguém sem rosto? que me interessa a mim dar crédito a um determinado t…

inclinações colectivas

Imagem
No meu país é assim. Volta e meia surge uma polémica oca sobre uma merda qualquer. Desta vez é o alegado plágio perpetrado por Miguel Sousa Tavares. Será que estamos perante uma denúncia maldosa e consequente desacreditação do escritor MST ou será que há razões concretas, factuais que evidenciem um efectivo plágio? Não se sabe, eu não sei. Também não li aquele “Equador” e creio que não vou ler, pelo menos nos próximos tempos.
MST saberá como se defender e é a ele que cabe desmontar essa “cabala”, se é que o é, enfim. Porém, notei que logo uma mole de gente se acoitou a defender o acusado. Uns apontam o anonimato, porque dá jeito, claro. O anonimato não é de agora e serve, por exemplo, para o sistema fiscal americano ser talvez o mais eficaz dos sistemas fiscais e serve para muitas outras coisas, inclusive blogar. Mas dá jeito, neste caso, apontar o anonimato. Também dá muito jeito falar-se em inveja porque o gajo ou a gaja que denunciou o tal plágio só pode ser um invejoso. Já o tipin…

coisas de lamborghinis

Há dias era anunciado que a electricidade ia aumentar em cerca de 15% e a malta espavilhou que se fartou. Ños dia seguintes as televisões davam jogos do porto, benfica e sporting e a malta delirou com tanto futebol e o governo consolou-os com um descida em 50% do tal aumento edêpoide. Hoje porém, já coleccionei aí uma dezena de opiniões sobre a dívida que vamos deixar aos nossos filhos, e vi o novo carro do Maniche, um lamborghini de cento e trinta e tal mil euros. Logo mais, vamos ter um sporting-porto com o estádio cheio, sendo que os bilhetes custam uma fortuna. A malta adere porque não são estas coisas que Endividam. Endivida sim, pagar portagens e taxas moderadoras. Isso sim porque acham que no caso das auto-estradas todos devem pagar, mesmo os que não têm carro. No caso dos hospitais ninguém deve pagar, mesmo os que vão ao hospital para curar uma borbulha na face.
E o Maniche comprou um lamborghini com o dinheiro dele mas paga menos do que nós em termos de segurança social. Mas…

coisas simples que eu gostaria de ter ll

Imagem

coisas simples que eu gostaria de ter l

Imagem

E você em quem votaria, se realmente votasse?

Imagem
Aproveitando a generosa e brilhante pedrada de LNT, eu também vou eleger o meu Grande Português, se me permitem. Ora bem, se tivesse que votar em alguém, o que obviamente não farei, seria na Dona Fátima, a minha sogra, que me ofereceu uma sandes de marmelada com queijo no primeiro dia em que eu fui lá a casa namorar a filha dela. Vi logo ali, naquele gesto, que estava perante o mais excepcional de todos os portugueses. E não me enganei, garanto-vos!

aí está ela!

A minha filha, 17 anos, matriculou-se na Universidade do Porto e abriu uma conta na GCD. Terá sido o bastante para receber a sua primeira agressão de marketing. E logo da DECO que deveria supostamente defender-nos destas coisas! Bem vinda ao mundo minha filha, o teu nome anda aí a ser vendido ao desbarato...

DIANTE DA POSSIBILIDADE DO ALKIMIN (PSDB/PFL) GANHAR...

Isto circula no Brasil e chegou até mim via e-mail. Leia com atenção, principalmente se for brasileiro.


Diante da possibilidade do Alkimin (PSDB/PFL) ganhar o 2º turno, seguem
algumas recomendações. Não custa nada a gente se preparar para os próximos quatro anos:

1º Se você tiver alguma economia, invista em Dólar ou Euro. Hoje o Dólar vale em torno de R$ 2,20; no final do governo FHC (PSDB/PFL), chegou a quase R$ 4,00. Aproveite, ao que parece, será uma das poucas possibilidades de ganhar algum dinheiro.

2º Aproveite o final do governo Lula e compre (estoque se possível) lâmpadas eletrônicas, elas gastam menos energia e estão custando pouco, hoje. Não se esqueça que, no governo FHC (PSDB/PFL), a energia subiu assustadoramente.

3º Hoje existem no mercado algumas lanternas que funcionam sem pilhas, apenas com fricção. Procure comprar algumas, elas são baratas e você não vai ter que gastar seu escasso dinheirinho com pilhas. Não se esqueça que, no governo FHC (PSDB/PFL), houve apagão.

4º Se v…

Neste caso, não é a DECO que tem de se pronunciar. É o país. Somos nós

É evidente que o Operador Cabo português tem o direito de alterar os canais que constam da respectiva grelha. Isso está previsto, em primeiro lugar, no clausulado do contrato que em princípio é lido e assinado pelos clientes. No meu ponto de vista, o que está aqui em causa é apenas a utilização de um mero expediente legal para, no fundo, se apunhalar um bom punhado de pessoas. Está em causa, sobretudo, a ética do operador para com os seus clientes. Porque no caso concreto da GNT, o operador não tinha problemas de audiências, não tinha problemas com a qualidade do referido canal e nem sequer tinha ou teve qualquer tipo de défice comercial em termos do respectivo e legitimo retorno económico. O problema aqui é o de um grupo religioso, uma seita, o mesmo é dizer uma associação religiosa sectária, levar a cabo o seu propósito propagandista na base do dinheiro e, assim, convencer um operador credível a alinhar em tal frete. O frete de disponibilizar um sinal de televisão a uma seita que pa…

this must be the place

domigo, tiros, polícias, jovens, carros, roubos, morte, chuva, sol...criastiano ronaldo, golo!

Extra! Extra!

Descobri aqui que Pedro Arroja, afinal, anda desaparecido em combate!

uma legislatura pouco à portuguesa

O Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, tem toda a razão. As Câmaras Municipais são as maiores gastadeiras dos poucos recursos financeiros do Estado português. Fernando Ruas, por mais que se esforce e por mais mediatismo que tenha, não consegue fazer passar a ideia de que é vítima. As Câmaras Municipais querem mais dinheiro apenas para criarem mais Empresas Municipais fantasmas e atribuírem cargos de mordomia aos respectivos peões locais, com altíssimos salários e esplêndidas regalias, como é o caso do presidente da Junta de Freguesia de Pedroso que já é administrador de um par de Empresas Municipais de Vila Nova de Gaia, quase todas elas deficitárias, por exemplo. Na verdade, as Câmaras querem mais dinheiro para satisfazerem os caprichos megalómanos dos respectivos Presidentes. E não me espanta nada que haja gente a apoiar Ruas e a apoucar o Ministro das Finanças. Não me espanta nada que nesta sociedade mediatizada, em determinado tempo (eleições) sejam pedidos bons governantes…

GNT- alguém se lembra?

Leio no Tugir a frustração pelo desaparecimento do GNT nos idos de Abril deste ano. Desta feita porque no Brasil houve eleições. Mas o Brasil não é só interessante quando está em eleições e a Rede Globo é o espelho mais aproximado da sociedade brasileira, da sua cultura e quotidiano; e tiraram-nos o GNT e quase ninguém se incomodou com isso! Em seu lugar deram-nos (ou melhor, impingiram-nos) a Record, essa coisa alienígena de se fazer televisão.
Pelo menos no Tugir alguém se lembrou de marcar o protesto, fazendo-se também alguma justiça a quem protestou na altura, como foi o caso do "food-i-do" aqui, aqui e aqui, por exemplo.
Hoje ainda, e não obstante quase ninguém se lembre do GNT, aqui fica o meu lamento por tudo continuar nesta pobreza franciscanamente mercantilista.

À espera do salvador e, entretanto, Viva a República!

Eu estou com a lolita. O Professor Arroja tarda e isso, para mim, já é desesperante. Só a entrada "efectiva" dele no "os matraquilhos" (sem ofensa para quem prefere videogames) poderá evitar tamanhos disparates como é o caso da pretensão de se referendar a "República" (na verdade é com este género de "ideias" que muitas vezes confundimos um idiota - que vem do grego e significa, se quiserem, um "parvo" - com um tipo que tem ideias destas). Ainda para mais numa época em que finalmente temos um Presidente da República.

Engenharias figurativas

Vitor Serpa tem hoje uma tirada daquelas que impressionam, lá no jornal que dirige e que dá pelo nome de "A Bola". Aquele jornalista entendeu que Rui Costa veio parar a um futebol miserável só porque uma clínica qualquer não acertou no diagnóstico a uma lesão do excepcional jogador de futebol. Vai daí, Vitor Serpa desanca no futebol português e no país. Em contraponto refere o Milan, o anterior clube de Rui Costa, elogiando-lhe tudo. Organização, classe, magnitude...Vitor Serpa, aqui, retrata bem a miséria do jornalismo português porque omite, por conveniente, que o Milan esteve envolvido num caso de corrupção e só não foi parar à série B italiana por mero expediente de quem o defendeu nos recursos, não evitando porém a perda de não sei quantos pontos no início do presente campeonato italiano de futebol. Ora, este Milan é o mesmo Milan que Vitor Serpa elogia hoje para, objectivamente, nos apoucar a nós. É este jornalismo de engenharias figurativas que enferma a nossa imprens…

chorai

Ah! Parece que no Brasil foram eleitos muitos deputados que estão envolvidos em casos de corrupção, sendo que alguns deles até já foram condenados. E parece que no Brasil se compraram votos, e parece que no Brasil a democracia funcionou, “malgré tout”. Por cá, todavia, há portuguesinhos que se escandalizaram. Portuguesinhos que vivem num país de 10 milhões (quase nada, comparando com o Brasil e as suas assimetrias) e que ainda assim foi capaz de eleger tanta porcaria nas últimas eleições autárquicas. E que ainda assim já viu tantos votos comprados com ofertas de televisões e leitores de vídeo, e outros votos pagos com miseráveis côdeas para a terceira idade e, ultimamente, para os antigos militares da guerra colonial. Um país como o nosso que tem uma democracia ainda menos jovem do que a brasileira mas que, mesmo assim, consegue bater quase todos os recordes negativos. E, vejam bem, há até quem se interrogue agora porque é que não existe uma autoridade moral supra-o-voto-de-cada-um qu…

dos silêncios...é o azul que me cala

Imagem
Os silêncios matinais anunciam a miseravel condição do adepto indisfarçável das vitórias . Basta, portanto, a um clube tropeçar que todos os seus teóricos ficam prostrados, sob um silêncio subterrâneo e quase de toupeira, mirando Braga contemplativamente, e sabe-se lá por que canudo. Arre canudo!

dimanche: on va parler de quoi?

Migrei o alojamento do "FOOD-I-DO" para a nova plataforma de blogs da Google: o "Blogger in Beta" . E como bem quer dizer a palavra "Beta", esta nova plataforma é experimental mas impede-me de voltar ao Blogger normal, o que não me incomoda nada porque estou a gostar das novas ferramentas de edição de que disponho aqui. Porém, hoje não consigo entrar no meu template e estou a enviar este post por e-mail a ver se funciona.  Aqui no Porto passou-se um dia de chuva marcado por um acidente na A3 que impediu o normal fluxo de trãnsito de fim-de-semana. Depois veio a noite calma e nada de mais parece poder influenciar o resto do dia. Entretanto, um amigo meu acabou de fazer o seu primeiro mergulho em Ogrove, na Galiza, e mostrou-se muito feliz com a experiência. Eu cá vou mergulhar na caminha, que bem dela precisado estou. Até amanhâ então!