Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

grande cartada de Sócrates

Imagem
O regresso de um combatente. Uma vitória para a Esquerda.

do benfica eu sou

(Isto já devia ter sido escrito ontem no final da noite, logo a seguir ao Benfica-Leixões; teria outra autenticidade, creio).

Como pôde o Benfica resistir ao Leixões jogando apenas com 4 defesas e Cardoso? Como pôde o Leixões limitar-se a bombear bolas para Luisão quando não havia nenhum jogador adversário na zona de meia-distância? Foi tudo nervos, acho eu. E o Benfica ganhou e foi muito elogiado pela solidariedade dos jogadores na hora de defender o resultado. Eu acho é que eles estavam borrados de medo, foi o que foi.
Hoje sou lagarto por inteiro a para a semana só desejo que o treinador do Leixões, o Mota, não preste vassalagem aos vizinhos do vale de Campanhã; que os amasse bem. Que os fôda com dolo.

faq

À pergunta "Espinho versus Cimeira... qual a mais importante?", eu respondo "a grande questão é saber se o cão prefere fazer guarda à sua casota ou ao terreno do dono".

mais tvi

Na inauguração do novo canal de notícias da tvi Henrique Garcia
comportou-se como um autêntico empregado do Lidl: Reposição, caixa e
provavelmente limpeza. E para não destoar, a seguir vieram os
enlatados discount. Palminhas!

Agora, falando sério, aqueles cenários e a Ponte, mais os gráficos e um logo a fazer lembrar um canal búlgaro qualquer fizeram-me percepcionar que estava a ver o Jornal Nacional da tvi e não um novo canal de notícias (algo que nunca me aconteceu ao ver a sic notícias). Deitei-me, portanto, em pesadelos só de pensar que durante todas as manhãs este canal nos vai bombardear com aquele outro pivôt com voz de matraca e o helicóptero a sobrevoar Lisboa sempre que um fiat punto fumegue ou tussa ao subir a ic19.
É claro que todos desejamos sucesso a este novo canal mas nem é preciso. O formato mexicano resultou sempre em sucesso de audiências, sobretudo squando o público alvo é composto na sua maioria por mexicanos.

de que me serve

Imagem
Hoje está um dia bom para falar de mim. Apetece-me escrever, sei la, sobre o fim-de-tarde de ontem passado em Viseu. Mas não me vou estender ao comprido aqui no meu blog. Dói-me um pouco a cabeça, e isso, por si só, é conselho prudente.
As trutas de escabeche, pescadas pelo meu anfitrião cozinheiro num desses rios beirões e o Dão de 2005, magnífico, merecem canções de glória, exaltações próprias dos vencedores. Ontem, o meu fim-de-tarde em Viseu teve disso tudo. De que me serve então falar do resto?

quaresma abençoada!

A distância psicológica que separa o Carnaval da Páscoa tem a medida exacta da aplicação real e efectiva desta conformidade no meu extracto bancário mensal

evoluções

Não há dúvida!, aquela imagem duma gaja semi-nua pintada há mais de não sei quantos anos (séculos, até - e que bela paxaxa, meus senhores!) prova efectivamente que a pornografia, para certos papás, deixou de o ser a partir do momento em que as moças resolveram deixar-se fotografar desnudas com a passarola a descoberto mas rapada ou aparada, como quiserem. A daquela moça é que não tem jeito. Semelhante matagal é por demais pornografia à bruta. Não percebem, meus amigos, que no meio desta confusão toda, só ficou clara uma coisa: após tantos anos desde a data daquela pintura, verifica-se que quem evoluiu foi apenas e só a mulher.

entrudo

O verdadeiro entrudo é uma suculenta feijoada. O resto, não vale nada.

ando a ouvir

Imagem

ando a ler

Imagem
Perderam bem, convenhamos.

carnaval nos Carvalhos

Imagem
O Jardim Infantil Jumbo, a Escola Primária e o Lar Juvenil surpreenderam-nos com um belo Corso Carnavalesco. Registe-se, contudo, não se ter verificado qualquer manifestação de censura.

assalto ao arranha-céus

Elisa Ferreira vai assaltar a Câmara Municipal do Porto. E tem quase todos os pesos-pesados da invicta a apoia-la. Pudera, tanta é a fome da teta municipal, do subsídio para a canção ranhosa e para o teatro para seis. E o futebol está atento, esperançado que saia finalmente o decreto oficial que entregue definitivamente a Praça da Liberdade aos adeptos portistas e os Paços do Concelho ao "preseidente". Elisa Ferreira tem grandes apoios e o Rui que se cuide. O Porto trauliteiro vai viver uma suculenta página da sua história. O povo certamente não dormirá.
Um gajo lê alguns blogs e na maior parte das vezes pouco apanha. Mas nem sempre. Às vezes encontra coisas, lembretes que nos rasgam os invólucros da memória, das pequenas memórias. Foi isso que me aconteceu ao ler este post que faz uma referência a alguém que em dada altura da minha existência significou qualquer coisa para mim: Ross Pynn. Que gostoso é este lembrete que me leva directamente aos meus tempos de adolescente e a Ross Pynn! Lia-o com tesão, devo dizê-lo. E imaginava-me em Nova Yorque, de sobretudo coçado, e imaginava a Nova Yorque que ainda hoje amo. Sem os hambúrgueres e as pizzas. Coberta de jazz e de "heggs and sausage". Foi este o retrato que me passou este escritor de policiais, aqui e ali deliciosamente aromatizado com um certo erotismo de néons e veludos quentes. Gostava muito destes livros e sempre que podia apanhar um (nas outrora existentes e quase exclusivas bancas de livros da Rua Passos Manuel e da praça D. João IV, ali bem em cima da Tubitek) retir…
Quem, sendo amado, é pobre ?
Oscar Wilde

Parabéns, meu amor doce!, minha mulher.

um tipo normal

O tipo gosta de acordar cedo. Lava a cara com água fria e passa um pente finíssimo pelos cabelos, já grisalhos, desenhando um perfeito risco que lhe assenta como em menino em dia da primeira comunhão. Depois do café fraco, dá as suas voltas matinais, trata deste e daquele assuntos regulares, nada de preocupações de maior, e depois ainda tem tempo para ver a Fátima Lopes enquanto a irmã não lhe deita a comida quente na mesa da cozinha. É solteiro e não tem filhos. Tinha feito a vida a trabalhar numa fábrica de pneus em Lyon e voltara a casa com um razoável pé-de-meia. As tardes são sempre as mesmas. Vai à casa de apostas já com o jornal 1x2 no sovaco, regista um boletim de apostas ou compra o 14 para a popular, conforme os dias. Depois ruma ao parque e por lá fica a tarde toda a fazer tempo. Tem sempre conversa e cara alegre. Aquele homenzito de certeza que não sabe o que é uma depressão nervosa. Nem precisa. A vida corria-lhe como corria. A crise, o futebol e o desemprego eram apenas …

pessoas que me inspiram uma certa desconfiança... 3

Pessoas que tomam martinis com cerveja nas manhãs de domingo.

pessoas que me inspiram uma certa desconfiança... 2

Aquelas pessoas que compram ambipurs e os instalam por toda a casa e no carro.

pessoas que me inspiram uma certa desconfiança...

Aquelas que transportam caixas de cleenex em cima do tabliê.

este rapaz ainda vai ser castigado...

"Ce qui c’est passé c'est que aujourd’hui il n’y a pas de penalty"

Yebda, jogador do SLBenfica.

... leia a crónica do jogo no jornal do Belmiro

PS:"Não concordo, o jogador de azul sente uma ligeira brisa provocada por um braço que se vai retirando e então, qual tronco abatido por um lenhador, cai.
É penalty em qualquer jogo no no estádio do FCP."

InFado Alexandrino (comentando este post insípido, hipócrita e farisaico, como convém àquela malta do blas bla bla fêmeas)

PS2:"Muita tranquilidade. Já estamos habituados a ver a Torre dos Clérigos fazer o pino."

In Mar Salgado

bom dia

Hoje eu acordei formalmente mais bem-disposto. Tinha menos sede do que nas manhãs habituais e doía-me a cabeça de uma dor daquelas que se tem quando se acaba a noite a beber e a fumar. Tomei café simples e ainda não fumei tabaco. Já regularizei as vontades e continuo notoriamente mais bem-disposto. Presumo, por experiência de anos, que hoje vou ter um dia tranquilo e com poucas contas para pagar.

disto e daquilo

Há disto tudo, todos os dias. E mais daquilo. E nada nos farta, nada nos mata. Há destas coisas, todos os dias, e nada nos basta. E há os vazios que nos deixam cheios de nada.