Ele tinha na ideia jogar com a mão dentro da área e a coisa ficava resolvida. Mas quando a bola bate na mão, azar, ele estava fora da área. Mesmo assim, ele arranjou maneira de garantir o golo para os amigos, marcando-o ele mesmo na própria baliza, mostrando ser um homem de palavra. Os amigos podiam assim contar com ele no futuro. Entretanto o Rolando, bom companheiro e sempre atento, tratou de exemplificar ao moço como se joga com a mão dentro da área, dando mostras de competência acima da média como formador. Evidentemente que para o árbitro aquilo foi apenas um simulacro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue