Mandaram um portista de Singapura escrever que o Benfica só ganha contra dez, foram buscar um artigo do Colina para acusarem o Benfica de fazer bloqueios (mas nem leram o artigo, senão ficavam era calados), a SporTV inventou uma nova realidade: a descodificação da linguagem perante um cartão e põe um jogador do Setubal a dizer, na imaginação deles, "nem lhe toquei", precisamente num jogo contra o Benfica. Pegaram num relatório que mostra uma esporádica liderança de audiências do Porto Canal, como se isso fosse uma vitória, mesmo sabendo que a BTV tem dois canais por subscrição, ou seja, antes de sintonizar o canal é preciso pagar. Anunciaram aos quatro ventos que o  clube deles fez grande façanha ao atingir os quartos de final da Champions League, gabando-se de tal feito ter sido apenas deles (o de agora e o último há seis anos - claro que se esqueceram do Benfica de 2011/12 que também atingiu tal meta). Fartam-se de chorar por tudo e por nada, por lançamentos laterais e cantos mal assinalados, por "patadas", por expulsões legais dos seus jogadores, por  nomearem para o Benfica sucessivamente árbitros do Porto, por tudo e por nada choramingam. Até desenterraram o Domingos, paciencia, o Kleyton, o Secretário, etc.

 O Benfica, por sua vez, continua sólido na frente, com vantagem cabal e a jogar futebol, enche o seu estádio e sustenta os aflitos com records de assistências nos seus campos. Chega ao cúmulo de pôr, através do seu futebol estonteante,  jornalistas pseudo independentes (este "pseudo" deveria estar atrás do jornalista, bem sei) a proclamar o grande futebol do Benfica e o enorme trabalho do seu treinador, precisamente uma semana depois de terem andado a dizer que o Benfica é levado ao colo. Temos pois um Benfica forte e unido, disposto a ser Campeão e a fazer por isso. Do outro lado temos a reação: os que se afidalgaram desta porra toda nos últimos anos e que agora lhes custa imenso voltar para a caverna da sua existência e os outrora fidalgos que, de arruinados, até já proclamam segundos lugares com o pomposo título de "Vice Campeão".

Ora perante isto, e perante muito mais ridicularias que quem como eu é benfiquista e vive no norte ouve todos os dias nos cafés, barbearias, talhos e mesmo salas de jantar eu pergunto: SOU EU QUE ESTOU COM MEDO?

Comentários

Mensagens populares deste blogue