portugal-alemanha-obrigadinho-a-todos


Ardemos, em boa verdade! Depois do magistério do dente-de-alho, chega agora ao fim o magistério da nossa senhora do caravaggio. Gloriosos aqueles que acreditaram! Paz aos cépticos e aos cínicos, bem-aventurados aqueles que vos seguem por toda a parte. Aos críticos, jornalistas e reporteres de televisão trajados a "Portugal, Portugal, portugal..." (leia-se isto como aquele toque da "nóquia" a definhar), o meu obrigado por tantas e tão oportunas reportagens. E aos coveiros, o do amuleto, mais aquelas pedras preciosas que jogaram nas alas, o paulinho e o zezinho. E o ricardinho, o célere. O célere a fazer merda, a fechar os olhos e a cerrar os dentes quando a bola salta em frente à baliza. A todos me curvo eu, penhorado, segurando o lenço branco da despedida e a olhar os céus na esperança de um outro messias, um schevainestaiguer qualquer que nos saiba treinar como deve ser, que fale menos a faça mais. Acabou a feira!, vamos ao hipermarché...

Comentários

Mensagens populares deste blogue