Que festa!

Pois foi. Fizemos a festa! Nós benfiquistas do Grande Porto estivemos lá, no coração desta acolhedora cidade. Entrámos pela ponte do Infante, disfarçados claro, contornámos os Aliados e, ali mesmo, ousámos uns tímidos apitos. Depois estacionámos junto à Rotunda e seguimos para junto daquela mole de benfiquistas eufóricos, radiantes e felizes que vibravam indiferentes à intifada dos fanáticos portistas que não admitem perder para o Enorme. Um amigo meu contou-me que tivera muita sorte momentos antes já que uma das muitas pedras que lhe arremessaram apenas tinha batido ligeiramente abaixo do vidro da porta traseira. Uma pequena amassadela que vai por certo servir de recordação desta grande façanha que é, hoje em dia, comemorar um campeonato no Porto ganho pelo Enorme. De resto, tudo o mais foi lindo. Tantos benfiquistas ali juntos, em frente à Casa da Música, a dar saltos de folia, rejubilando ao som dos cânticos e buzinas dos carros engalanados que por ali passavam. Foi uma festa potente!


Share/Bookmark

Comentários

José Pedro disse…
E, pasme-se, em Braga:

Por menos de 30 segundos não vi o meu carro todo partido por uma mole de cerca de 30 energúmenos adolescentes, que se juntaram num cruzamento e apedrejaram todo e qualquer carro que tivesse dentro algum símbolo do Glorioso! Eu vi um carro com crianças dentro a ser atingido sem apelo apenas porque dentro estava um cachecol do Benfica...
São "adeptos" que olham para os super dragões e acham piada...
Depois venham chorar uma tragédia.
VIVA O BENFICA!

Mensagens populares deste blogue