dou-me a esse luxo

Hoje deixo-me levar. Hoje posso bem deixar-me levar. Não me apetece nada dirigir, dar ideias, palpites ou conselhos. Hoje sou um seguidista. Quem vier e me disser: “Faz isto” ou “Opta por aquilo”, eu juro que responderei afirmativamente como se fosse um cão de companhia, disciplinado e muito bem treinado.

Hoje deixo-me levar e sempre quero ver onde é que vou, afinal.

Comentários

Mensagens populares deste blogue