do Equador

A coisa promete, embora dê a sensação de que no livro deve haver mais acção. Não sei o que lá vem, mas isso é a história propriamente dita. Por outro lado, estou a adorar os excelentes exteriores de época e as interpretações estão muito boas, sim senhor, e finalmente toda a gente pode ver o interior do S. Carlos. Muito bonito!
A personagem do Marco Horácio está cada vez mais confinada ao papel de "messenger 2.1". Merecia um upgrade.

Comentários

Mensagens populares deste blogue