dedo mais do que bem apontado

O presidente do Grupo Jerónimo Martins colocou o dedo na ferida ao afirmar que José Sócrates só tem olhos para o Bloco de Esquerda (e para o PC). De facto, a moral governista deste país está concentrada na prioridade em evitar o crescimento do Bloco. Vive estes dias em função do Bloco e, por outro lado, o real problema do país é singularmente secundarizado. O desemprego em massa não conta, as medidas politicamente tomadas são mera cosmética para as sondagens, para as eleições. Não se legisla nem se regulamenta a precariedade do emprego nem se apresentam medidas realmente construtivas para incentivar o emprego e a confiança empresarial. O nosso governo navega à volta das questões fracturantes, para encher chouriços, e dos favores à alta-finança e aos especuladores. O resto, os que produzem, continuam condenados ao situacionismo decadente composto à base de fugas para a frente. É este governo que nós vamos eleger por mais quatro anos? Eu não vou, ponho-me de lado.

Comentários

Mensagens populares deste blogue