sobre a nova publicidade do Pingo Doce

A mudança na filosofia publicitária do Pingo Doce não foi um mero acaso. Na verdade eles pretendiam combater aqueles alentejanos a cantar o ópiporó, porque toda a gente parecia gostar daquilo e, além disso, os últimos resultados da empresa demonstraram que há uma regra clara no mundo da distribuição alimentar: sempre que mudamos para um logótipo piroso temos de contratualizar uma publicidade pimba. Foi o que eles fizeram. Arrumaram com aqueles filmes de receitas culinárias, suavemente apresentados por uma excelente voz, própria para a classe média, que nos despertava logo uma vontade louca de ir ao PD mais próximo, e implementaram o modelo... "Modelo". Pelo povo que lava no rio, que o outro anda teso certamente. Pela nova conjuntura política. Por via de Beja, de Espinho...

Comentários

Amorfo De Melo disse…
só pode, acharam que a fasquia dos anteriores anúncios era muito elevada e decidiram aproximar-se do povo. Correu mal, fica prá próxima.

Mensagens populares deste blogue